Pedro Álvares Cabral

Por Fernando Rebouças
Navegador português e fidalgo nascido em Belmonte (1467-1468). Faleceu em Santarém, acredita-se entre os anos de 1520 ou 1526. Descobriu o Brasil em 22 de abril de 1500.

Pedro Álvares Cabral era o terceiro filho de Fernão Cabral, que governou Beira e alcaide-mor de Belmonte. Antes da morte de seu irmão mais velho, seu nome completo era Pedro Álvares Gouveia, naquele tempo o sobrenome do pai era herdado pelo filho mais velho.

Pedro Álvares CabralAos onze anos, mudou-se para Seixal, que mantém até os dias atuais a conhecida Quinta de Cabral. Em Lisboa, estudou as artes militares, literatura , história e ciência. Ingressou na Corte de D. João II como fidalgo, e aperfeiçoou seus conhecimentos em cosmografia e marinharia.

Passou a fidalgo do Conselho do Rei após a coroação de D.Manuel I, além de cavaleiro da Ordem de Cristo, com direito a receber uma pensão anual. Em 1499, foi nomeado capitão-mor da armada que partira em direção à Índia depois da volta de Vasco da Gama.

Montou a armada mais bem equipada da época, contando com cerca de 1500 homens, partiu de Lisboa em 9 de março de 1500, depois de missa solene na ermida do Restelo. Depois de quarenta e três dias de viagem, em 22 de abril, avistou o Monte Pascoal, sul da Bahia.

Dois dias depois, navegou ao longo do litoral em direção ao norte em busca de abrigo. Permaneceu em Porto Seguro até 2 de maio de 1500. Tomou posse das terras em nome da Coroa portuguesa, a batizando de “Ilha de Vera Cruz”. Cabral faleceu esquecido, foi sepultado na Igreja da Graça, em Santarém.

Leia mais:

Fontes:
http://www.netsaber.com.br/biografias/ver_biografia_c_161.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pedro_Álvares_Cabral


Nenhum comentário sobre "Pedro Álvares Cabral". Clique aqui para adicionar um comentário.