Antônio Raposo Tavares

Por Fernando Rebouças
Português, judeu e bandeirante paulista. Antônio Raposo Tavares nasceu em São Miguel do Pinheiro, Alentejo, em 1598, faleceu em São Paulo, em 1658. Antes de servir como cavaleiro da Casa Real, serviu a D. Francisco de Sousa.

Era filho de Fernão Vieira Tavares, governador da Capitania de São Vicente. Veio para o Brasil em  1618, fixando-se em 1622. A frente bandeirante de Antônio Raposo tinha a função de aprisionar indígenas, sendo uma frente despovoadora.

raposo tavaresEm 1633, ocupou o cargo de juiz ordinário, logo ocupou o cargo de ouvidor da capitania de São Vicente. Fora deposto pelo governador e excomungado pelos jesuítas, porém a ouvidoria geral do Rio de Janeiro o absolveu e o recolocou no cargo.

Em 1636, realizou nova expedição em direção a Tape, região central do atual Rio Grande do Sul, lá expulsou os jesuítas, retornou a São Paulo como herói.

Dedicou-se a ações militares entre os anos 1639 a 1642, época em que exerceu o cargo de capitão da companhia, prestando auxilio às forças militares presentes na Bahia. Entre os anos de 1648 a 1651, efetuou a maior de suas bandeiras, em busca de praia partiu de São Paulo e, através da floresta amazônica, chegou à região do estado do Pará.

Numa expedição que partiu do rio Tietê até o rio Paraná, planejou uma bandeira em duas colunas, a primeira liderada por ele e a segunda por Antônio Pereira de Azevedo. Em dezembro de 1648, unificaram as bandeiras no rio Paraguai e , em 1649, alcançaram o rio Guapaí em direção à cordilheira dos Andes, estiveram em terras bolivianas e, depois de explorarem a região, seguiram rumo ao rio amazonas através do rio madeira, expedição que o levaram até Belém.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Antônio_Raposo_Tavares
http://www.netsaber.com.br/biografias/ver_biografia_c_1346.html


Nenhum comentário sobre "Antônio Raposo Tavares". Clique aqui para adicionar um comentário.