Descobrimento do Brasil

Por Felipe Araújo
O comércio de especiarias tornava-se uma importante fonte de riquezas para Espanha e Portugal no final do século XV. Lisboa tinha uma vida econômica agitada e suas atenções estavam voltadas para novas rotas comerciais. Conhecidos por serem conquistadores natos, espanhóis e portugueses disputavam a conquista das Índias, como eram chamadas as terras desconhecidas e ricas de recursos minerais do Oriente.

De acordo com alguns historiadores, o Brasil já estava nos planos das conquistas portuguesas desde que Duarte Pacheco Pereira, pessoa de extrema confiança do então rei D. Manuel, esteve em terras brasileiras. Duarte desembarcou entre o Maranhão e o Pará. Mas, quando voltou a Portugal, o rei manteve a missão em segredo para que a Espanha não enviasse expedições nesta área. Começava a ser arquitetado um novo plano de chegada às Índias.

Terra à vista!

Então, D. Manuel I, em parceria com comerciantes portugueses, organizou uma expedição de 13 embarcações com tripulação entre 1.200 e 1.500 homens. O comando da expedição foi dado a Pedro Álvares Cabral, que tinha como homem de confiança um dos mais experientes navegadores portugueses, Bartolomeu Dias.

A expedição de Cabral chegou, primeiramente, às Ilhas Canárias, depois foi para o Arquipélago de Cabo Verde, onde uma caravela sumiu no meio do mar. Seguiram uma rota sudoeste, cruzando a linha do Equador, como fizera Vasco da Gama. Então, no dia 22 de abril de 1500, a expedição ancora em um monte, ao qual deram o nome de Pascoal. Pedro Álvares Cabral, Bartolomeu Dias e os 1500 homens descobriam o Brasil.

chegada de cabral descobrimento do brasil

Mas o atual território brasileiro já era habitado muito tempo antes da chegada dos portugueses. Em 1500, cinco milhões de índios encontravam-se espalhados ao longo do litoral.

Primeiras expedições ao Brasil

As expedições mais importantes enviadas ao Brasil depois do descobrimento aconteceram de 1500 a 1530. Este período foi denominado pré-colonizador pelos historiadores. Em 1501, houve uma expedição dirigida por Gaspar de Lemos. Gaspar e seus homens exploraram uma boa parte do litoral brasileiro, batizando ilhas, baías e cabos.

Já em 1503, Gonçalo Coelho e sua frota fizeram uma nova expedição obedecendo a um tratado entre o Rei de Portugal e um grupo de comerciantes interessados na exploração de Pau-Brasil, dentre eles estava o comerciante Fernão de Noronha.

Entre os anos de 1516 e 1520, expedições foram comandadas por Cristóvão Jacques, na tentativa de deter o contrabando de Pau-Brasil feito por outras navegações européias. Estas expedições eram chamadas de guarda-costas, mas não obtiveram sucesso, devido a grande extensão do litoral brasileiro.

Pindorama

Antes mesmo de o Brasil se tornar Brasil, o número de índios vivendo no país ultrapassava a marca de dois milhões. Divididos em diversas tribos, como a dos tupi-guaranis, a dos tapuias, caraíbas, entre outras; eles já haviam batizado a terra de Pindorama, referindo-se às palmeiras existentes no território.

Fontes:
UOL: http://educacao.uol.com.br/historia-brasil/ult1702u42.jhtm
How Stuff Works: http://pessoas.hsw.uol.com.br/quem-descobriu-a-america.htm
COTRIM, Gilberto. História Global: Brasil e geral. São Paulo: Editora Saraiva, 2005.


Nenhum comentário sobre "Descobrimento do Brasil". Clique aqui para adicionar um comentário.