História da Bahia

Por Fernando Rebouças
Todos sabem que a Bahia é o berço do Brasil. Em 1500, na região de Porto Seguro, aconteceu o descobrimento oficial do Brasil. A região do atual estado da Bahia começou a ser povoada a partir da primeira metade do século XVI.

Os portugueses e piratas europeus iniciaram a exploração do pau-brasil. A colonização começou a ser efetivada pelas expedições de “Entradas” que, partindo de Salvador, Ilhéus e Porto Seguro, seguiam rumo ao interior da região.

As entradas eram similares ao movimento das bandeiras que viria a ocorrer em São Paulo, porém, não obtiveram grandes êxitos e importância. Mas as entradas possibilitaram um melhor conhecimento e povoamento das regiões dos rios São Francisco, das Contas, Paraguaçu, Grande e Verde, e outras regiões do nordeste.

Originalmente, o território da província baiana compreenderia a margem direita do rio São Francisco, sendo a esquerda pertencente à Pernambuco.

Sobre as invasões, depois de 12 anos de trégua entre o Reino da Espanha e as Províncias Unidas, a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, fundada em 1621, decidiu tomar as regiões açucareras do Brasil Colônia e da África, que na época estavam sob o controle da Coroa Espanhola, no caso do Brasil, devido à União Ibérica.

Os holandeses enviaram uma esquadra muito bem armada para a baía de Todos os Santos, por ser uma região estratégica para as trocas comerciais no Atlântico Sul, e com as demais capitanias do Nordeste. Na época, os holandeses conseguiram ocupar os portos de Salvador e de Luanda.

Os holandeses venceram a resistência portuguesa, dominaram Salvador entre 1624 a 1625, quando perderam o controlo para um cerco organizado pelos portugueses e espanhóis. Para mitigar com o natural refúgio que a baía de todos os santos oferecia aos invasores, o Governador da capitania, Diogo Luís de Oliveira, em 1631, decidiu construir o Forte do Morro de São Paulo, que seria ampliado em 1624.

Os holandeses foram derrotados em novas tentativas de reaver o controle da capitania, a Bahia tornou-se numa referência de defesa na era colonial brasileira. Quando os holandeses conseguiram o controle de Recife, tentaram atacar a Bahia pelo litoral, em 1636, tentaram pelo povoado de Caravelas e, em 1637, Camamu e Ilhéus.

A Conjuração Baiana ocorreu em 1798, com o objetivo de se separar na metrópole portuguesa e instituir a República Bahiense, sendo reprimida com a execução de grande parte dos populares envolvidos.

Antes do Grito de Independência, em 1821, houve pequenos motins entre tropas portuguesas e grupos referidos como “brasileiros”. Quando ocorre a independência do Brasil, em 1822, a Bahia já possuía um governo provisório comandado por Miguel Calmon Du Pin e Almeida. Frente ao conflito armado existente entre baianos e tropas do portuguesas, interessadas em manter o vínculo colonial, Dom Pedro I enviou tardios esforços para a Bahia tornar-se independe de Portugal, e parte do Império Brasileiro.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/História_da_Bahia
http://educaterra.terra.com.br/voltaire/500br/conquista_bahia.htm


Nenhum comentário sobre "História da Bahia". Clique aqui para adicionar um comentário.