Dezembrada

Por Antonio Gasparetto Junior
Após a queda da Fortaleza de Humaitá, Francisco Solano Lopez, presidente do Paraguai, viu-se obrigado a fugir com suas tropas e foi se estabelecer em San Fernando.

As forças aliadas partiram então atrás de Solano Lopez, sob o comando de Duque de Caxias, marcharam até Palmas, região que fazia fronteira com as novas instalações utilizadas pelos inimigos, aonde chegara no dia 30 de setembro. As fortificações situadas ao longo do arroio Piquissiri barravam o acesso até Assunção. Solano Lopez, já em situação crítica, havia concentrado 18 mil soldados paraguaios na região que exploravam com êxito o relevo e se apoiavam nos fortes de Angostura e Itá-Ibaté.

O comandante brasileiro Duque de Caxias achou por bem evitar o confronto direto no local e elaborou uma ousada operação militar, a manobra do Piquissiri. Fez então construir uma estrada de 11 Km de extensão pelo pantanoso Chaco, seguindo a margem direita do Rio Paraguai, ao longo de 23 dias. Enquanto isso, divisões brasileiras e argentinas ocupavam-se da linha de frente em Piquissiri.

Passagem do Chaco

Passagem do Chaco

Na execução da manobra, três corpos do Exército Brasileiro, totalizando 23 mil soldados, foram transportados para a margem direita do rio e percorreram a estrada construída até o nordeste. Em Villeta reembarcaram e desceram somente no porto de Santo Antônio e Ipané, desta vez já na margem esquerda do rio. A apenas 20 Km da retaguarda das forças paraguaias em Piquissiri. Naturalmente, Solano Lopez foi completamente surpreendido. O líder do Paraguai não acreditava que contingente tão numeroso fosse capaz de atravessar o Chaco.

Na noite de 5 de dezembro teve início então a “dezembrada”. Esta representou uma série de batalhas vencidas pelos aliados no mês de dezembro de 1868. Em lugar de atacaram a capital, iniciaram o movimento rumando para o sul.

Piquissiri foi atacada no dia 21 de dezembro pelos brasileiros. O cerco fechou para Solano Lopez, que acuado em seu próprio território fugiu para o norte do país em direção à cordilheira. A atitude do líder paraguaio fez Duque de Caxias crer que a guerra havia acabado ali e Solano Lopez iria se exilar em algum país, mas mais tarde ele ainda tentaria algumas investidas com o que sobrara de seu contingente. No dia 24 de dezembro a Tríplice Aliança ainda enviou uma intimação para que Solano Lopez se rendesse, mas foi em vão.

A “dezembrada” foi composta pelas batalhas de Itororó (6 de dezembro), de Avaí (11 de dezembro), de Lomas Valentinas (21 e 27 de dezembro) e terminou com a Rendição de Angustura (30 de dezembro). Todas elas apresentaram elevado grau de mortalidade para ambos os lados.


Nenhum comentário sobre "Dezembrada". Clique aqui para adicionar um comentário.